Eric Gaillard / Reuters
Eric Gaillard / Reuters

Mônaco celebra nascimento de casal de gêmeos real

O menino ocupa o primeiro lugar na linha sucessória, segundo o Palácio de Mônaco; a menina será a segunda na linha sucessória e receberá o título de condessa de Carlades

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2014 | 06h00

PARIS - O principado de Mônaco celebrou, na noite desta quarta-feira, 10, o nascimento do casal de gêmeos da princesa Charlene e do príncipe Albert II. Os herdeiros nasceram mais cedo, na quarta-feira, e o menino ocupa o primeiro lugar na linha sucessória,  informou o Palácio de Mônaco em comunicado. O parto foi no Hospital Princesse Grace.


Gabriella Thérèse Marie nasceu às 17h04 (horário local) e, dois minutos depois, veio seu irmão Jacques Honoré Rainier. "A princesa e as crianças estão bem", acrescentou nota oficial.

O menino terá o título de marquês de Baux, conforme a tradição estabelecida em 1641. Já a menina será a segunda na linha sucessória e receberá o título de condessa de Carlades. Esses são os primeiros filhos do casal. A mãe já sabia o sexo dos bebês, mas o príncipe Albert II preferiu descobrir na hora.

O principado deu as boas-vindas aos gêmeos com uma salva de 42 tiros de canhão disparados do castelo Fort Antoine, 21 para cada recém-nascido. Os sinos de todas as igrejas de Mônaco badalaram ao mesmo tempo, para depois dar espaço às sirenes das embarcações paradas no porto.

A ex-nadadora sul-africana, de 36 anos, e o príncipe, de 56, se casaram em julho de 2011. Contudo, Albert II já reconheceu dois filhos fora do casamento, mas eles não têm direitos sucessórios. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.