Monarquias árabes fecham embaixadas em Damasco

As seis monarquias da Península Arábica anunciaram na madrugada de hoje o fechamento de suas embaixadas na Síria, manifestando contrariedade à repressão de Bashar Assad contra sua oposição. A decisão foi comunicada pelo secretário-geral do Conselho de Cooperação do Golfo, Abdellatif al-Zayani, que justificou a medida "pela persistência do regime sírio em massacrar seu povo, escolher a opção militar e recusar iniciativas para encontrar uma solução para a crise". / AFP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.