Monte Lokon entra em erupção na Indonésia e milhares fogem

O monte Lokon, na Indonésia, entrou em erupção, expelindo lava incandescente e cinzas vulcânicas para uma altura de até 1.500 metros no norte da ilha de Sulawesi, levando os moradores em pânico a fugir da região agrícola, disse um funcionário governamental na sexta-feira.

REUTERS

15 de julho de 2011 | 13h11

"A erupção pôs fogo nas florestas que cercam a cratera", disse Sutopo Purwo Nugroho, da Agência Nacional de Mitigação de Desastres. Ele acrescentou que não há informações sobre vítimas.

A primeira erupção importante do vulcão de 1.579 metros de altura ocorreu pouco antes da meia-noite da quinta-feira, acordando os moradores da área, que vestiram chapéus e agasalhos antes de fugir de suas casas.

O governo pretende distribuir máscaras e barracas para pessoas que se refugiaram em escolas, disse Nugroho.

O aeroporto internacional na capital provincial de Manado, destino de turistas que visitam os vizinhos recifes corais de Bunaken, ainda estava operando normalmente, disse um funcionário à Reuters.

O centro de vulcanologia e mitigação de desastres elevou o status do vulcão para o nível de alerta mais alto, recomendando que 28 mil pessoas que vivem num raio de 3,5 quilômetros da cratera de Tompaluan deixem suas casas.

Quarto país mais populoso do mundo, a Indonésia se situa no "Anel de Fogo" do Pacífico e sofre com frequência desastres naturais como terremotos, erupções vulcânicas, tsunamis e inundações.

(Reportagem de Olivia Rondonuwu)

Tudo o que sabemos sobre:
INDONESIAVULCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.