Montesinos vai responder por massacre

Vladimiro Montesinos, o fugitivo ex-assessor do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, deverá responder diante da Justiça comum por sua suposta responsabilidade no assassinato de civis na zona urbana conhecida como Barrios Altos.A ordem foi dada nesta terça-feira pela Justiça Militar (CSJM), que anulou uma resolução da Sala de Guerra que inocentava Montesinos e alguns militares no caso Barrios Altos, onde um comando paramilitar assassinou a tiros cerca de 15 civis indefesos. O caso Barrios Altos foi denunciado à Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), que decidiu que a anistia outorgada aos autores do crime foi inconstitucional.Diante disso, o CSJM decidiu enviar o caso ao Juizado Penal Especial para que o processo seja julgado em um fórum comum. Montesinos é considerado fugitivo da Justiça peruana desde outubro do ano passado e o cabeça da maior organização criminosa já montada em toda a história peruana.Estima-se que Montesinos tenha acumulado uma fortuna ilegal de US$ 1 bilhão e permitido que outras centenas de milhões de dólares fossem parar nas mãos de traficantes de armas, narcotraficantes e mafiosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.