REUTERS/Eric Gaillard
REUTERS/Eric Gaillard

Moradores de Nice oferecem suas casas como abrigo para pessoas que estiverem nas ruas

Franceses fizeram uma campanha nas redes sociais com o nome #PortesOuvertesNice (Portas abertas em Nice); autoridades recomendam que ninguém permaneça nas vias

O Estado de S.Paulo

15 Julho 2016 | 08h54

PARIS - Os moradores de Nice, na França, e as autoridades locais iniciaram uma campanha de solidariedade pelas redes sociais para que as pessoas que estiveram nas ruas encontrem um refúgio após o atentado da noite de quinta-feira, no qual 84 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas ao serem atropeladas por um caminhão no centro da cidade.

Muitos ofereceram suas casas como um refúgio noturno para quem está nas ruas. A campanha nas redes sociais tem o nome de #PortesOuvertesNice (Portas abertas em Nice).

Autoridades recomendaram que ninguém permaneça nas vias para que os serviços de emergência consigam circular sem dificuldades para deslocar os feridos e pelos possíveis riscos de novos ataques.

O Ministério das Relações Exteriores da França disponibilizou uma célula de ajuda às vítimas do atentado em Nice com um número de telefone (+33 493 04 93 72 22 22). / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.