Morales: constituinte é mais importante que eleição presidencial

A eleição da Assembléia Constituinte na Bolívia é "mais importante" do que as eleições presidenciais que o levaram ao poder, disse neste domingo o presidente Evo Morales, às vésperas do encerramento da inscrição de eleitores e candidatos ao sufrágio de 2 de julho."A eleição dos constituintes é a eleição mais importante da história republicana da Bolívia", anunciou Morales em entrevista coletiva antes de partir para Belo Horizonte, para assistir à 47ª reunião anual do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).O governante socialista defendeu sua visão de que a assembléia permitirá levar adiante "uma revolução cultural e democrática" na nação sul-americana, que ao surgir como república em 1825 não permitiu a participação nesse processo dos povos indígenas.Segundo Morales, a votação "é mais importante do que as eleições que ganhamos", já que servirão para definir "o futuro da Bolívia" quando os 255 integrantes da assembléia comecem os trabalhos para redigir uma nova constituição, em 6 de agosto na cidade de Sucre, a capital oficial do país.Morales reiterou também sua determinação de lutar contra a corrupção e se congratulou porque no Poder Judiciário existem funcionários que compartilham essa meta, em alusão à prisão preventiva do ex-presidente do Serviço Nacional de Estradas (SNC), José María Bakovic, no último sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.