Morales é reeleito líder dos cocaleiros da Bolívia

A Comissão Orgânica do VIII Congresso Ordinário das Seis Federações do Trópico, principal organização sindical dos produtores de coca da Bolívia, reelegeu Evo Morales, atual presidente do país, como seu líder, informaram fontes do setor. Leonilda Zurita, dirigente cocaleira, disse que a reeleição se deve ao fato de Morales ter sido "compreensivo com os movimentos sociais, por ser honesto com as seis federações e ser responsável para com o povo boliviano".Na abertura do encontro sindical, no último sábado, Morales pediu a seus companheiros que não cultivem mais de 1.600 metros quadrados de coca, apontando que esta é a melhor estratégia de luta contra o narcotráfico e, ao mesmo tempo, a melhor forma de apoiar seu governo.Caso aceite a nomeação, será a sexta vez que Morales é reeleito como principal dirigente da maior organização sindical dos produtores de coca, onde começou como secretário de Esportes, em 1983.Morales, à frente do Movimento Ao Socialismo, ganhou as eleições presidenciais de dezembro de 2005. Em 22 de janeiro, ele tomou posse como o primeiro Chefe de Estado de origem aimara na história da Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.