Morre a condessa Isabelle, neta da princesa Isabel

Foi divulgada nesta segunda-feira a morte, no sábado, de Isabelle, condessa de Paris, neta da princesa Isabel e bisneta de imperador Pedro II. Ela tinha 91 anos e estava internada com problemas vasculares. Era viúva de Henri d´Orleans, o conde de Paris, herdeiro do trono francês. Isabelle Marie Amélie Louise Victoire Thérèse Jeanne D´Orleans-et-Bragance, princesa imperial do Brasil, nasceu no dia 13 de agosto de 1911, no Chateau D´Eu, na França, onde haviam se instalado seu avô, Gaston D´Orleans, o Conde D´Eu, neto do rei Louis Philippe, e a princesa Isabel. O corpo está sendo velado na capela real de Saint Louis de Dreux. Os funerais deverão se realizar na próxima sexta-feira, no Castelo D´Eu, na Normandia. Isabelle estudou com as freiras do Colégio Notre Dame de Sion, em Paris, e casou-se com Henri em abril de 1931, em Palermo. Era considerada por seu tio-avô, Ferdinando I da Bélgica, a mais bela das princesas européias da época. O casamento marcou o início de um longo período de exílio. O casal foi obrigado a morar em diversos países, como Bélgica, Brasil, Marrocos, Espanha, e Portugal, e só voltou à França em 1950.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.