Morre Ahmed Kabbah, ex-presidente de Serra Leoa que pôs fim a guerra civil

Morre Ahmed Kabbah, ex-presidente de Serra Leoa que pôs fim a guerra civil

Líder que liderou transição democrática tinha 82 anos e morreu em casa em Freetown

O Estado de S. Paulo,

14 de março de 2014 | 09h12

FREETOWN - Ahmed Teçam Kabbah, ex-presidente de Serra Leoa que conseguiu pôr fim à violenta guerra civil que o país viveu durante mais de uma década, morreu ontem aos 82 anos.

O ex-governante morreu em sua residência em Freetown, segundo informou em comunicado o governo do país, que classificou sua morte de "perda irreparável".

Kabbah foi eleito presidente nas eleições de 1996, processo que provocou um aumento na guerra civil que tinha começado em 1991.

Apenas um ano depois, Kabbah foi derrubado por um golpe militar, mas as Forças de África Ocidental (ECOMOG) recuperaram o poder em nome do governo e o restituíram no cargo.

Em 2002, Kabbah foi reeleito e conseguiu pôr fim oficial a uma guerra civil que deixou milhares de mortos e provocou a fuga de centenas de milhares de pessoas para Libéria e Guiné.

Em 2007, Bai Karoma ganhou as eleições, e Kabbah se tornou o primeiro governante do país a entregar o poder de forma pacífica. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Serra LeoaAhmed Kabbah

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.