Morre Bob Guccione fundador da revista Penthouse

Bob Guccione, o fundador da revista masculina Penthouse, nos anos 1960, morreu ontem no Texas, aos 79 anos, após dedicar grande parte de sua vida à publicação. Ele acumulou uma imensa fortuna, mas perdeu seu império devido à censura imposta pelo governo de Ronald Regan (1980-1989). Segundo a família de Guccione, ele morreu no Plano Specialty Hospital, na cidade de Plano, no Texas, após lutar vários anos contra um câncer. No momento da morte, estavam ao seu lado a mulher, Dawn Warren Guccione e dois de seus filhos.

DALLAS, 21 (AP - AE), Agência Estado

21 Outubro 2010 | 01h56

O ponto mais alto da Penthouse foi alcançado em setembro de 1984, quando a revista publicou fotografias nuas de Vanessa Williams, a primeira miss negra dos EUA. Na ocasião, a Penthouse vendeu cerca de 6 milhões de exemplares e faturou por volta de US$ 14 milhões. Guccione queria ser artista, viveu uma época com seminarista e iniciou a Penthouse em 1965, na Inglaterra. Ele Introduziu a revista no mercado americano em 1969, auge do movimento feminista e da revolução sexual nos EUA. Sua intenção era "brigar" com a Playboy. A fortuna que Guccione fez com a Penthouse beirou os US$ 4 bilhões. Em 1982 ele foi incluído na lista dos homens mais ricos do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.