Morre comandante do Exército Revolucionário da Colômbia

O principal comandante do Exército Revolucionário Popular (ERP), Édgar Castelhanos, conhecido como "Gonzalo" ou "Guillermo", neste sábado no centro oeste da Colômbia por tropas do Exército, informaram fontes militares. Castelhanos, segundo o comandante da VI Brigada do Exército, coronel Eliecer Pinto, morreu em um confronto no município de Venadilo, no departamento do Tolima, junto com outros dois membros dessa organização ilegal.O ERP atua na cordilheira central dos Andes colombianos desde os anos 80.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.