Morre Dullah Omar, ativista sul-africano contra o apartheid

O ministro sul-africano de Transportes, Dullah Omar, morreu neste sábado aos 69 anos. Ele vinha lutando há um ano contra um câncer linfático. Destacado defensor dos direitos humanos, Omar lutou contra o regime segregacionista liderado por brancos que comandou a África do Sul durante décadas.Omar, que foi ministro da Justiça do primeiro governo negro da história do país, faleceu nas primeiras horas de hoje na Clínica Constantiaberg, na cidade do Cabo, informou o governo por meio de um comunicado. "Um patriota descansa para sempre", lamentou o governo por meio do comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.