Morre ex-prefeito de Nova York Ed Koch

Político governou metrópole por três mandatos, num período marcado pelo aumento da criminalidade

GUSTAVO CHACRA , CORRESPONDENTE / NOVA YORK, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2013 | 02h06

Prefeito de Nova York por três mandatos, de 1978 a 1989, Ed Koch morreu ontem aos 88 anos na cidade onde nasceu e morou a vida toda. A morte ocorre na semana em que seu nome havia voltado às manchetes com o lançamento de um documentário sobre a sua trajetória política.

Koch sempre será associado aos anos 80, com a emergência da aids, alta criminalidade, conflitos raciais e casos de corrupção. Na época, algumas áreas de Nova York eram praticamente intransitáveis.

Apesar disso, Koch era popular. Sua imagem apenas ficou afetada quando tentou concorrer a um quarto mandato e alguns políticos próximos a ele foram envolvidos em casos de corrupção. Depois da aposentadoria, continuou uma voz forte de Nova York. Teve programas na TV e no rádio.

Liberal, no sentido americano da palavra, no início da carreira, ele passou a ser visto como conservador por sua política fiscal. Formado no City College, cursou posteriormente direito na Universidade de Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.