Morre ex-premier indiano Narasimha Rao

O ex-primeiro-ministro indiano Narasimha Rao, responsável pela abertura da economia do país nos anos 90, morreu ontem aos 83 anos, vítima de um ataque cardíaco, em um hospital de Nova Délhi, onde estava internado desde o dia 9.O atual primeiro-ministro, Manmohan Singh, braço-direito de Rao durante as reformas do país, foi um dos primeiros a expressar condolências. "Ele será lembrado como o pai das reformas econômicas", disse.Fiel à dinastia política Nehru-Gandhi, Rao sucedeu Rajiv Gandhi, assassinado em maio de 1991, e comandou o país até 96. A ele é creditada a bem-sucedida abertura do país aos mercados mundiais, numa época em que a Índia, então sob rígido controle estatal, sofria uma grave crise de credibilidade.Mas Rao também será lembrado como o único premier do país a ser julgado criminalmente por corrupção, conspiração e suborno - acusações das quais foi inocentado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.