Morre ex-primeiro-ministro croata Ivica Racan

Ivica Racan, ex-líder social-democrata e primeiro chefe de Governo não-nacionalista da Croácia independente (2000-2004), morreu na madrugada de domingo, aos 63 anos, vítima de um câncer, informou a agência de notícias croata "Hina".Racan estava em estado crítico desde o último dia 12, quando sua saúde piorou muito. No último mês de fevereiro, ele foi operado numa clínica alemã após sofrer dores no ombro por nove meses, em princípio atribuídas à sua paixão por jogar tênis. Porém, o problema acabou sendo um câncer de rim com metástases no ombro, no cérebro e em outras partes do corpo.Em 1990, o ex-líder comunista organizou as primeiras eleições livres na Croácia e, depois da morte do presidente nacionalista Franjo Tudjman, liderou como primeiro-ministro um Governo democrático pró-europeu.Devido a seu trabalho de Aproximar o país da União Européia (UE), ele é considerado um dos mais importantes políticos croatas das últimas décadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.