Alonso Cupul/EFE
Alonso Cupul/EFE

Homem morre em tentativa de linchamento por insultos racistas

Multidão se reuniu em frente à casa de ucraniano que publicava vídeos contra mexicanos; jovem terminou ferido e morreu

O Estado de S.Paulo

20 Maio 2017 | 03h30

CANCUN - Uma pessoa morreu em uma tentativa de linchamento a um ucraniano que divulgou vídeos com insultos racistas a mexicanos nas redes sociais na cidade de Cancún, informaram autoridades locais.  

Alexei Makeev, ucraniano residente na cidade, foi tirado de sua casa e atacado com pauladas e pedradas, ficando gravemente ferido. Durante o linchamento, Makeev conseguiu ferir um jovem com uma faca, que faleceu quando recebia os primeiros socorros em um hospital.  

Uma multidão se aglomerou fora da casa de Makeev, convocada pelas redes sociais, para manifestar-se e pedir a expulsão do país do ucraniano, apelidado de #LordNaziRusso, conhecido por publicar vídeos no Youtube insultando os mexicanos. Ele foi golpeado por dezenas de pessoas e precisou ser hospitalizado.  

Makeev já havia sido detido em várias ocasiões por conduta violenta, inclusive por agentes do Instituto Nacional de Migração, mas nunca foi deportado por ter residência local. 

Nos vídeos, ele já agrediu verbalmente várias mulheres, uma delas com um bebê, em ruas e bancos de Cancún, além de publicar fotografias com símbolos nazistas e roupas militares. / EFE

Mais conteúdo sobre:
MéxicoCancún

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.