Morre Iskandar Ismail, rei da Malásia entre 1984 e 1989

Segundo a agencia de notícias "Bernama", o ex-monarca, de 77 anos, era o sultão de Johor há 30

EFE

23 de janeiro de 2010 | 06h30

O sultão do Estado de Johor, Iskandar Ismail, rei da Malásia entre 1984 e 1989, morreu na sexta à noite em um hsopital de Johor Bahru, de uma doença não revelada.

 

Segundo a agencia de notícias "Bernama", o ex-monarca, de 77 anos, era o sultão de Johor há 30. Ele foi o oitavo rei da Malásia, cargo que é ocupado apenas uma vez e durante um período de cinco anos. O trono da Malásia é distribuído entre os sultãos de nove Estados do país.

 

Desde 1957, quando a Malásia conseguiu a independência do Reino Unido, a sequência dos sultanatos ao nomear os candidatos ao trono manteve a seguinte ordem: Negeri Sembilan, Selangor, Perlis, Terengganu, Kedah, Kelantan, Pahang, Johor e Perak.

 

O filho mais velho do sultão, Ibrahim Ismail, foi eleito regente de Johor em cerimônia realizada neste sábado no palácio de Istana Besar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.