Guiness World Records / Divulgação
Guiness World Records / Divulgação

Morre japonesa considerada pessoa mais velha do mundo aos 117 anos

Chiyo Miyako recebeu o título extraoficial em abril; a também japonesa Kane Tanaka é agora considera a pessoa mais velha do mundo com 115 anos de idade

O Estado de S.Paulo

27 Julho 2018 | 04h43

TÓQUIO - A japonesa Chiyo Miyako, considerada a pessoa mais velha do mundo pelo Gerontology Research Group (GRG) e pelo Guiness World Records, morreu com 117 anos e 81 dias no último domingo, 22, em Kanagawa, cidade no sul do Japão. O óbito foi confirmado pelo governo local, que não detalhou a causa da morte a pedido da família da idosa.

Chiyo nasceu em 2 de maio de 1901 e se tornou a pessoa mais velha do mundo em abril deste ano quando a também japonesa Nabi Tajima morreu aos 117 anos. Segundo familiares, a idosa era bastante "tagarela" e era considerada uma "deusa" por todos que a conheciam devido a sua natureza gentil e paciente com o próximo. Seu hobby favorito era caligrafia, algo a que se dedicava até recentemente.

Após a morte das duas idosas, o ministério da Saúde do Japão afirma que a japonesa Kane Tanaka, de 115 anos, é a pessoa mais velha do mundo. Tanaka vive em Fukuoka, no sul do Japão. A informação ainda não foi confirmada pelo Guiness. 

O Japão também é lar do homem mais velho do mundo, Masazo Nonaka, residente da cidade nortenha de Hokkaido. Na última quarta-feira, 25, ele comemorou seu 113º aniversário. //ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.