Morre jornalista que denunciou grampos de tabloide

O jornalista Sean Hoare, um ex-repórter do News of the World identificado como o primeiro a apontar que Andy Coulson estava ciente dos grampos executados pela equipe do periódico, foi encontrado morto em sua residência, informa o diário britânico The Guardian em sua página na internet.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2011 | 15h24

Segundo o Guardian, no entanto, a morte não é considerada suspeita. Hoare trabalhou nos jornais sensacionalistas The Sun e News of the World junto com o ex-editor Andy Coulson, informa o Guardian. Ele teria sido demitido do News of the World por problemas com drogas e álcool.

Andy Coulson, ex-editor do tabloide e que chegou a ocupar a chefia do setor de comunicações do primeiro-ministro David Cameron, chegou a ser preso no âmbito da investigação do escândalo de grampos, mas acabou liberado após pagar fiança. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.