Morre mulher do ex-presidente americano Gerald Ford

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Betty Ford morreu ontem à noite aos 93 anos. Ela foi casada com Gerald Ford, que entrou na Casa Branca após a renúncia de Richard Nixon em consequência do escândalo conhecido como Watergate. Gerald Ford faleceu em 2006, também aos 93 anos. Betty Ford ficou conhecida nos Estados Unidos não só como primeira-dama, mas por seu trabalho de apoio aos dependentes de drogas e álcool a partir de sua própria experiência.

Agência Estado

09 de julho de 2011 | 11h16

"Durante sua vida longa e ativa, ela distinguiu-se por sua coragem e compaixão. Como primeira-dama dos Estados Unidos, foi uma poderosa defensora da saúde e dos direitos da mulher", disse o presidente Barack Obama, em nota.

Betty desenvolveu um importante trabalho de ajuda aos dependentes de drogas e álcool e de alerta ao câncer de mama ao partilhar publicamente sua própria experiência com o tratamento do câncer de mama e de sua dependência de drogas prescritas e álcool. Em 1982, criou em Rancho Mirage, na Califórnia, um centro de reabilitação de dependência de drogas e álcool, onde celebridades como Elizabeth Taylor, Johnny Cash e, recentemente, atriz Lindsay Lohan, se trataram entre mais de outras 90 mil pessoas.

Segundo a porta-voz da família, Barbara Lewandrowski, Betty morreu no Centro Médico de Eisenhower, em Rancho Mirage, mas nenhum outro detalhe foi revelado. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.