Morre na China a mulher mais alta do mundo

Com mais dois metros de altura, a mulher mais alta do mundo morreu no leste da China aos 39 anos. Segundo a mídia local, Yao Defen faleceu no dia 13 de novembro em sua casa na província de Anhui.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2012 | 13h36

Yao tinha 2,33 metros de altura e foi considerada a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records em janeiro de 2010. Ela havia aprendido a jogar basquete quando era jovem e, com 15 anos, já tinha dois metros de altura.

No entanto, apesar da fama, Yao Defen não era feliz. Há três anos, ela divulgou um vídeo no qual mostrava estar angustiada em relação a sua altura pouco comum. "Eu sou muito infeliz. Por que sou tão alta?", disse Yao em sua cama. "Se eu não fosse tão alta, outros não me olhariam assim."

O jornal local Xin não divulgou as causas da morte, mas informou que Yao sofria de gigantismo e tinha um tumor na hipófise, o que desregulava seu nível de hormônio de crescimento. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinamulher mais altaóbito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.