Morre o ex-chanceler de Honduras Paz Barnica

O ex-chanceler hondurenho Edgardo Paz Barnica morreu na noite de sexta-feira em uma clínica particular de Tegucigalpa em decorrência de um ataque cardíaco. Ele tinha 69 anos e chefiava a Embaixada de Honduras no Peru. Há aproximadamente um mês, Paz Barnica submeteu-se a tratamento médico em um hospital de Houston, nos Estados Unidos, e retornou em seguida à capital hondurenha. Formou-se advogado pela Universidade Nacional Autônoma de Honduras (UNAH) e obteve doutorado em direito pela Universidade Central de Madri, Espanha. Escritor e político liberal, Paz Barnica chefiou a chancelaria de seu país durante o governo de Roberto Suazo Córdova (1990-1994).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.