Morre o mais famoso desertor da Coreia do Norte

O mais famoso desertor da Coreia do Norte, Hwang Jang-yop, de 87 anos, foi encontrado morto neste domingo em sua casa na Coreia do Sul, por causas aparentemente naturais. Ele fugiu do regime comunista em 1997 através da embaixada sul-coreana em Pequim.

Agência Estado

10 de outubro de 2010 | 11h56

Na época, a deserção causou um embate diplomático de cinco semanas com a China, que se viu pressionada por seu tradicional aliado, a Coreia do Norte, e um crescente parceiro comercial, a Coreia do Sul.

Hwang Jang-yop, que foi secretário do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte e presidente da Assembleia Popular Suprema do país, escreveu livros e fez discursos condenando o autoritarismo do governo norte-coreano.

Sua morte coincidiu com a parada militar deste domingo, que marcou os 65 anos do partido governista. Na parada estavam presentes o líder norte-coreano Kim Jong-il e seu filho Kim Jong-un, apontado como seu provável sucessor. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreiasdesertormorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.