Morre o pai de candidata colombiana seqüestrada

Gabriel Betancourt, ex-ministro e pai da candidata seqüestrada Ingrid Betancourt, faleceu na tarde de ontem em uma clínica de Bogotá, informaram familiares. Ele tinha 86 anos. Após o seqüestro de sua filha, há cerca de um mês, quando ela viajava pela antiga zona desmilitarizada do sul da Colômbia, o estado de saúde de Betancourt piorou, disse Nancy Pulecio, mãe da candidata, em entrevista à televisão. Pulecio, diretora de um albergue para crianças pobres e ex-rainha da beleza, pediu às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que libertem sua filha para que ela possa assistir ao sepultamento do pai, programado para terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.