Morre o presidente de Kosovo

O presidente de Kosovo, Ibrahim Rugova, que lutava contra um câncer de pulmão, morreu neste sábado aos 61 anos. "O presidente faleceu pouco antes do meio-dia (horário local) em sua residência, ao lado de sua família", afirmou o porta-voz presidencial, Muhamet Hamiti.A bandeira na residência de Rugova foi hasteada a meio pau e os canais de televisão interromperam sua programação para transmitir música clássica.Rugova foi diagnosticado com câncer no pulmão em setembro do ano passado. O presidente era um fumante inveterado antes de descobrir a doença.Rugova foi um dos principais defensores da exigência albanesa de independência da Sérvia desde o início da década de 1990, quando começou a liderar um movimento violento contra as políticas de Slobodan Milosevic, o então presidente da Iugoslávia.Sua morte ocorre num momento delicado para a província, que inicia as negociações sobre se separa ou continua sendo parte da Sérvia.A etnia albanesa, majoritária em Kosovo, quer a independência, mas os sérvios preferem continuar parte da Sérvia e Montenegro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.