Morre príncipe herdeiro saudita Abdul-Aziz al Saud

O príncipe Nayef bin Abdul-Aziz al Saud, herdeiro do trono saudita, morreu neste sábado em um hospital em Genebra, informou a emissora estatal de TV Al-Arabiya, sem revelar a causa da morte. Nayef tinha cerca de 79 anos de idade, mas não há registros da data precisa de nascimento.

Agência Estado

16 de junho de 2012 | 11h41

Ele estava fora do país desde maio, quando saiu em viagem descrita como "pessoal" que incluiria exames médicos. O príncipe viajava para o exterior com frequência nos últimos anos para testes, mas autoridades nunca relataram quais problemas de saúde ele poderia estar sofrendo.

Quando era ministro de Interior, Nayef liderou a repressão contra a ramificação do grupo extremista Al-Qaeda na Arábia Saudita depois dos ataques de 11 de setembro nos Estados Unidos e, então, tornou-se o novo príncipe herdeiro. A sua morte inesperada reabre a dúvida sobre a linha de sucessão ao trono saudita pela segunda vez em menos de um ano. O rei Abdullah já sobreviveu a dois sucessores designados, apesar de também enfrentar os próprios problemas de saúde. Agora um novo príncipe herdeiro deve ser escolhido entre os seus irmãos e meio-irmãos, todos filhos do fundador da Arábia Saudita, Abdul-Aziz.

A figura mais provável a ser indicada é o príncipe Salman, que é atual ministro de Defesa e anteriormente serviu por décadas no poderoso cargo de governador de Riad. A escolha será feita pelo Conselho de Lealdade, uma assembleia de filhos e netos de Abdul-Aziz. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.