Morre soldado americano baleado em Bagdá

Um soldado americano baleado hoje à queima-roupa, enquanto esperava numa fila para comprar um refrigerante na Universidade de Bagdá, morreu de seus ferimentos, anunciou o Exército dos EUA.

Agencia Estado,

06 Julho 2003 | 17h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.