Morre tailandês com suspeita de gripe avícola

Um homem tailandês com suspeita de ter sido infectado pelo vírus da influenza aviária faleceu hoje, mas ainda não foi confirmado se ele realmente tinha a doença, informou o Ministério da Saúde tailandês. "Nós temos de aguardar os resultados dos laboratórios", disse a ministra da Saúde tailandesa, Sudarat Keyuraphun. Se for confirmada a contaminação, esta será a primeira morte relacionada à doença na Tailândia. No Vietnã, cinco pessoas já morreram depois de terem entrado em contato com aves infectadas. O governo tailandês confirmou hoje que dois meninos estão hospitalizados depois de terem sido infectados pela doença aviária. Outras três pessoas, incluindo o homem que faleceu, também podem estar contaminadas pelo vírus mortal. O primeiro-ministro da Tailândia, Thaksin Shinawatra, disse que o impacto do surto de influenza aviária sobre o crescimento econômico da nação será marginal, podendo reduzir em menos de 0,1 ponto porcentual o crescimento do produto interno bruto (PIB). Ao mesmo tempo, Shinawatra disse a repórteres que o impacto da doença sobre o crescimento das exportações não deve exceder 0,4 ponto porcentual, à medida que as exportações de carne de frango correspondem a não mais que 1% das exportações totais do país. Embora o país seja amplamente dependente das exportações, no geral para ter um crescimento econômico, o governo mantém sua projeção de crescimento de 8% no PIB neste ano, um pouco acima dos 6% de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.