Morre um dos fundadores da Frente Popular para Libertação da Palestina

Ahmad Yamani ficou conhecido por sequestros de aviões durante os anos 1970

Efe

04 Janeiro 2011 | 14h04

BEIRUTE - Um dos fundadores da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), Ahmad Yamani, de 86 anos, faleceu em um hospital em Beirute, informou nesta terça-feira, 4, sus própria organização em um comunicado.

 

A nota, que não aponta a data do falecimento, recorda que Ahmad Yamani, também conhecido como Abu Maher Yamani, foi um dos representantes do comitê executivo da Organização para a Libertação da Palestina (LP) e membro do gabinete político da FPLP.

 

O texto o descreve como "um grande líder palestino que passou sessenta anos de sua vida lutando para a libertação da Palestina e pela unidade árabe".

Originário da aldeia de Zegmata, na região de Galileia, Yamani esteve casado e foi pai de oito filhos.

 

Chegou ao Líbano em 1948, pouco depois da criação do Estado de Israel, e seu nome esteve associado aos sequestros de aviões nos anos 70.

 

Fundado em 1967 pelo dirigente palestino George Habash (1925-2008), a FPLP, de tendência marxistas, foi reconhecida internacionalmente entre os grupos de guerrilha palestina depois de protagonizar uma série de sequestros de aviões ocidentais.

 

Entre suas ações mais lembradas é o sequestro simultâneo de três aviões em 1970, que foram desviados para o deserto da Jordânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.