Morre William Ford, último neto de Henry Ford

William Clay Ford, que ajudou a orientar a Ford Motor Company para a era moderna como empregado, diretor e influente membro da família Ford, morreu esta manhã em sua casa, aos 88 anos, em decorrência de uma pneumonia. Ele foi diretor emérito da Ford Motor Company e era o último neto ainda vivo do fundador da empresa, Henry Ford.

Agência Estado

09 de março de 2014 | 17h12

William Ford trabalhou na Ford Motor por 57 anos como funcionário e membro do conselho, atuando na formação da empresa por mais da metade de sua história de 110 anos. Ele foi eleito para o Conselho de Administração da companhia em 4 de junho de 1948 e iniciou seu trabalho na empresa depois de se formar pela Universidade de Yale em 1949. Em 1957, se tornou presidente do Comitê de Design, cargo que ocupou por 32 anos. Em 1978, foi eleito presidente do Comitê Executivo. Posteriormente, foi vice-presidente do Conselho (1980) e presidente do Comitê de Finanças (1987). Aposentou-se do cargo de vice-presidente em 1989 e como presidente do Comitê de Finanças em 1995. Foi nomeado diretor emérito em 12 de maio de 2005. Fonte: Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
William Ford

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.