Morrem 15 pessoas em explosão de mina no Sri Lanka

Ministério da Defesa acusou a guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil pelo ataque

Efe,

06 de dezembro de 2007 | 03h50

Pelo menos 15 pessoas morreram e 23 ficaram feridas devido à explosão de uma mina que atingiu um ônibus no norte do Sri Lanka, informou nesta quinta-feira, 6, a polícia cingalesa. A explosão aconteceu nesta quarta-feira, às 20h15 (12h15 de Brasília), na cidade de Abimanagama, segundo a Polícia. O Ministério da Defesa acusou a guerrilha dos LTTE (Tigres de Libertação da Pátria Tâmil) pelo ataque. A agência de notícias da guerrilha, no entanto, se limitou a noticiar a explosão, sem reivindicar a sua autoria. No norte do país, os choques entre as tropas governamentais e a guerrilha tâmil são quase diários.

Tudo o que sabemos sobre:
Sri Lankaatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.