Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Morrem 227 pessoas nas chuvas e inundações do sul da Índia

A situação nas duas regiões mais afetadas - Karnataka e Andhra - mostrou sinais de melhora, após três dias de chuvas torrenciais que obrigaram o Exército indiano a desdobrar helicópteros e botes de resgate para fazer chegar ajuda aos mais afetados

EFE

04 de outubro de 2009 | 04h23

Pelo menos 227 pessoas morreram até o momento vítimas das inundações e fortes chuvas que estão sofrendo várias regiões do sul da Índia nos últimos dias, informaram neste domingo fontes oficiais.

 

Desde quarta-feira, 156 pessoas pereceram na região de Karnataka (sudoeste), enquanto outras 50 morreram no estado sudeste de Andhra e 21 mais na região de Maharashtra, de acordo com fontes oficiais citadas pela agência "Ians".

 

A situação nas duas regiões mais afetadas - Karnataka e Andhra - mostrou sinais de melhora, após três dias de chuvas torrenciais que obrigaram o Exército indiano a desdobrar helicópteros e botes de resgate para fazer chegar ajuda aos mais afetados.

 

Só em Andhra, cerca de 200 mil pessoas perderam suas casas nos distritos mais afetados, onde grande parte dos cultivos foram danificados pelas inundações, as piores em um século, segundo fontes da região citadas pela "Ians".

 

Uma das cidades que mais sofreu os efeitos do temporal é Kurnool, cujos habitantes chegaram a temer que ficasse completamente submersa sob as águas depois que o rio Krishna e vários de seus afluentes transbordaram.

 

As chuvas de monção, que castigam a geografia indiana de junho a setembro, causam todos os anos inundações em vários Estados do países a morte de centenas de pessoas nas regiões com piores infraestruturas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.