Morrem 49 guerrilheiros e 8 soldados em combates no Sri Lanka

Ministério da Defesa afirma que confrontos do norte do país deixaram feridos 63 rebeldes e 21 soldados

Efe,

04 de maio de 2008 | 06h57

Pelo menos 49 guerrilheiros e oito soldados morreram nas últimas 24 horas em combates registrados no norte do Sri Lanka, segundo informou neste domingo, 4, o Ministério de Defesa cingalês, que reivindicou a captura de 1,5 quilômetro quadrados de território. A ofensiva militar mais virulenta aconteceu na área de Janakapura Norte, situada na região de Welioya onde nos últimos combates morreram 19 guerrilheiros dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) e sete soldados. O Exército reivindicou além disso a captura de 1,5 quilômetro quadrado na área de Puliyankulam, situada na região de Mannar, onde morreram 20 rebeldes e um soldado nas últimas horas, segundo a Defesa. Também houve combates na região de Jaffna, onde morreram dez rebeldes em diferentes escaramuças. De acordo com o Ministério da Defesa, nos confrontos do norte do país ficaram feridos 63 rebeldes e 21 soldados.

Tudo o que sabemos sobre:
Sri Lankacombatesconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.