Morrem dois policiais e um soldado em ataques no Iraque

Passagem de um patrulha militar iraquiana causou a morte do soldado; mortes ocorreram em situações distintas

Efe

24 de outubro de 2009 | 06h54

Dois policiais iraquianos e um soldado morreram na sexta-feira, 23, à noite em diferentes ataques registrados na cidade de Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram hoje a Efe fontes do Ministério do Interior iraquiano.

 

Segundo as fontes, um agente, pertencente ao corpo de proteção de instalações governamentais, perdeu a vida em um ataque de um grupo armado na zona de Bab Al Tub, localizada no centro de Mossul.

Em outro fato, vários pistoleiros mataram a um agente de tráfego em frente a sua casa, no bairro Aa Karama, no leste dessa mesma cidade.

 

Além disso, as fontes afirmaram que a explosão de uma bomba na passagem de um patrulha militar iraquiana causou a morte de um soldado, na localidade de Aa Beaach, cerca de 110 quilômetros ao oeste de Mossul.

 

Um militar também ficou ferido em um ataque lançado por um grupo armado a um posto de controle na área Al Seha, no oeste dessa cidade.

 

O Ministério do Interior informou sexta-feira que dois policiais perderam a vida pela explosão de uma bomba próxima do veículo em que iam, no leste da cidade de Al Kut, cerca de 180 quilômetros ao sul de Bagdá.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.