Morrem onze civis em bombardeio na Síria

Bombas atingiram região controlada pelo Estado Islâmico na província de Hama, no centro do país

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 04h24

BEIRUTE - Pelo menos onze pessoas de uma mesma família morreram nesta terça-feira, 6, em um bombardeio de aviões contra uma região controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico no leste da província de Hama, no centro da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos. 

O alvo foi o povoado de Abu Yuadid, próximo à cidade de Aquirabat, dominada por radicais. Os civis mortos eram originários do norte da província vizinha de Homs. Entre eles havia quatro mulheres, informou a ONG, que não descartou que o número aumente já que há vários feridos e alguns, graves. 

Nas últimas semanas, o norte de Hama foi alvo de intensos bombardeios por aviões sírios e aliados russos, recordou o Observatório. Os ataques aéreos coincidem com uma operação militar dos efetivos do governo sírio contra o Estado Islâmico no leste de Alepo e no deserto ao leste de Homs. 

Além disso, as Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias e respaldada por uma coalisão internacional, estão atacando os extremistas em seu bastião principal na Síria, a província de Al Raqa. 

Ontem, pelo menos 21 civis que tentavam fugir da cidade de Al Raqa perderam a vida em um suposto ataque de aviões da coalisão encabeçada pelos Estados Unidos, denunciou o Observatório. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.