Morrem onze soldados em ataques no oeste do Paquistão

Grupo de insurgentes atacou um postos de controle em área tribal limítrofe com o Afeganistão

Efe,

11 de janeiro de 2009 | 05h21

Onze soldados do Exército do Paquistão morreram em dois ataques insurgentes registrados em uma área tribal paquistanesa limítrofe com o Afeganistão, segundo uma fonte citada pelo canal televisivo Geo TV. Um grupo de insurgentes atacou um posto de controle situado na área de Safi, situado na agência tribal de Mohmand, e tiraram as vidas de seis soldados e feriram outros seis, segundo a fonte. Além disso, armados com lança-granadas e morteiros, os insurgentes lançaram um segundo ataque contra o posto de controle de Lakro, onde morreram outros cinco membros das forças de segurança. Após um intenso tiroteio que durou várias horas, os insurgentes fugiram da zona e as tropas iniciaram trabalhos de rastreamento. As áreas tribais paquistanesas são palco de um potente movimento fundamentalista que pôs em xeque o Exército paquistanês, embarcado em uma ofensiva contra os insurgentes há meses.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoataquesinsurgentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.