Morrem seis soldados russos e dois policiais chechenos

Ataques rebeldes e explosões de minas terrestres na Chechênia causaram a morte de seis soldados russos e dois policiais chechenos, além de terem deixado outras 14 pessoas feridas nas últimas 24 horas, informou um fonte ligada à administração chechena pró-Moscou. Cinco soldados russos morreram e sete ficaram feridos em 16 ataques rebeldes contra postos militares do Exército da Rússia, revelou a fonte. Em um confronto no distrito de Itum-Kale, um soldado morreu e outros dois ficaram feridos. Dois rebeldes também morreram nesse incidente. Outros dois recrutas russos ficaram feridos quando o veículo no qual viajavam passou sobre uma mina terrestres no distrito de Gudermes. Os dois policiais chechenos morreram em um tiroteio ocorrido ontem à noite em Grozny. Os rebeldes costumam atacar a polícia chechena para puni-la por sua cooperação contra as autoridades federais russas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.