Morsi vai a julgamento com forte esquema de segurança

O presidente deposto do Egito, Mohammed Morsi, irá a julgamento nesta segunda-feira sob a acusação de incitamento à violência e assassinato. Esta será a primeira aparição pública de Morsi desde a sua deposição em 3 de julho. Ele pode ser condenado à pena de morte.

AE, Agência Estado

04 de novembro de 2013 | 04h41

O julgamento está cheio de riscos e acontece em meio a uma atmosfera altamente carregada em uma nação polarizada.

As autoridades decidiram mudar de última hora o local do julgamento de Morsi, um movimento aparentemente destinado a frustrar comícios planejados pela Irmandade Muçulmana.

A segurança foi reforçada em torno do local do julgamento, com centenas de policiais vestidos de preto apoiados por veículos blindados utilizados em todo o imenso complexo.

Morsi provavelmente vai usar a plataforma para insistir que ele ainda é o verdadeiro

presidente do Egito, questionando a legitimidade do julgamento e tentando transformá-lo em um sinal de golpe.Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
egitomorsijulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.