Mortalidade de mulheres afegãs é 2ª mais alta do mundo

Cerca de 45 mulheres morrem a cada dia no Afeganistão logo após darem à luz, elevando para 16.000 os casos anuais. Os dados são da Organização Mundial de Saúde (OMS). Para cada 1.000 crianças nascidas, 165 morrem antes de completarem um ano e, segundo a OMS, esse índice é o segundo mais alto do mundo, logo abaixo de Serra Leoa.Além disso, se uma menina afegã consegue sobreviver aos cinco anos - uma idade à qual 25% das crianças afegãs não chega -, e sobrevive à desnutrição, anemia ou tuberculose, problemas que são comuns no Afeganistão, sua esperança de vida é de 45 anos.Cerca de 90% das mulheres afegãs, que em média têm sete filhos, dão à luz em suas próprias casas com uma assistência pouco adequada. Por tradição e imposição dos talebans, as mulheres afegãs são atendidas por médicas mulheres, e apenas 10% do pessoal dos hospitais é do sexo feminino.Clique aqui para ver uma galeria de imagens de mulheres afegãsLeia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.