Morte de crianças prejudica ação dos EUA no Afeganistão

Autoridades afegãs avisaram que o ataque aéreo desfechado pelos EUA no sábado, que causou a morte de nove crianças, vai dificultar a conquista da confiança do povo para o governo apoiado pelos Estados Unidos. O alvo do ataque era um suposto líder do Taleban.?Todo inocente morto tem irmãos, tios, irmãs, sobrinhos e, por trás, a tribo?, disse Sadokhan Ambarkhil, vice-governador da província de Paktika. ?Se dez pessoas morrem, quantas se entristecem??O ataque aéreo também foi criticado no exterior. O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, se disse ?profundamente triste? e pediu uma investigação. ?A guerra contra o terrorismo não será vencida às custas de vidas inocentes?, disse o porta-voz Fred Eckhard.Sete meninos e duas meninas, o mais velho com 12 anos, morreram quando o avião A-10 espalhou cargas explosivas de 30 mm por um campo na vila de Hutala. Autoridades americanas estiveram ontem na vila para oferecer condolências e ajuda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.