Morte de jovem desata onda de distúrbios

Jovens da cidade de Firminy, no sudeste da França, queimaram automóveis e atacaram lojas pela terceira noite consecutiva em protesto pela morte, na quarta-feira, do jovem Mohamed Benmouna, de 21 anos, em uma delegacia. Segundo a polícia, ele morreu após uma tentativa de suicídio, mas a família de Mohamed contesta a versão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.