Morte de presidente atrasa negociações sobre Kosovo

O começo das primeiras negociações diretas entre Kosovo e Sérvia, previsto para a próxima quarta-feira em Viena, foi adiado para o início de fevereiro devido à morte hoje do líder albano-kosovar Ibrahim Rugova.Hua Jiang, porta-voz do negociador chefe da ONU para o Kosovo, Martti Ahtisaari, confirmou hoje à agência belgradina "Beta" que decidiram adiar as conversas para o início de fevereiro, embora ainda não tenha sido fixada uma data.Rugova morreu hoje aos 62 anos de idade como conseqüência de um câncer de pulmão.O tema das primeiras negociações será a descentralização da província sérvia, habitada por uma maioria de albaneses independentistas e administrada pela comunidade internacional.Enquanto Pristina exige a independência, as autoridades sérvias em Belgrado a rejeitam e oferecem uma ampla autonomia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.