Morte de vacas gera protesto na Índia

A polícia lançou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar hordas de hindus e muçulmanos que queimaram cerca de 70 lojas numa pequena cidade no centro da Índia nesta terça-feira, após o surgimento de relatos segundo os quais açougueiros muçulmanos teriam matado oito vacas animal sagrado para os hindus, informou a polícia. Não há informações disponíveis sobre mortos ou feridos.Policiais armados separaram as facções rivais e proibiram areunião de grupos de mais de cinco pessoas na cidade de GanjBasoda, 80 quilômetros a leste de Bhopal, capital do Estado deMadhya Pradesh.As autoridades locais também impuseram um toque de recolher noturno e deslocaram forças extras de segurança, disse S. Dixit,porta-voz da polícia.Os açougueiros muçulmanos mataram as vacas numa área predominantemente muçulmana, desafiando uma proibição aosacrifício de vacas no Estado, disse um policial sob condição deanonimato. Cerca de mil hindus saíram às ruas da cidade na manhã de hoje à medida que se espalhava a notícia.A polícia encontrou oito carcaças e a cabeça decepada de uma vaca na casa de um açougueiro, disse a fonte. A polícia deteve ohomem e sua família.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.