Morteiro atinge Embaixada do Vaticano em Damasco

Uma salva de morteiro atingiu na manhã de hoje o imóvel que abriga a Embaixada do Vaticano em Damasco. Não há informações sobre vítimas, mas o telhado do edifício foi danificado pelo projétil.

AE, Agência Estado

05 de novembro de 2013 | 15h25

Ainda não se sabe se o morteiro foi disparado por forças do governo ou por rebeldes sírios. Também não está claro se a salva foi especificamente direcionada à representação da Santa Sé em Damasco ou se o imóvel, situado em um bairro de alto padrão da capital síria, foi atingido por acidente.

Os rebeldes que há mais de dois anos e meio tentam derrubar o presidente Bashar Assad têm disparado com frequência morteiros em direção a Damasco, onde o governo se esforça para manter a vida o mais normal possível apesar da guerra civil.

O padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, disse que o papa Francisco está sendo constantemente informado sobre a situação. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.