Morteiro atinge embaixada russa na Síria

Um morteiro caiu dentro da Embaixada da Rússia em Damasco neste domingo, informou a mídia estatal do País. A ação ocorre no momento em que Moscou se mostra disposta a enviar observadores militares para assegurar os esforços sírios de entregar suas armas químicas ao controle internacional.

EQUIPE AE, Agência Estado

22 Setembro 2013 | 14h21

A Rússia é o principal patrocinador do presidente da Síria, Bashar Assad. Os rebeldes que lutam para derrubar o seu regime alvejaram previamente a missão diplomática em Damasco com foguetes e morteiros.

Em Moscou, o Ministério das Relações Exteriores russo confirmou o ataque, dizendo que os rebeldes disparam morteiros que caíram no chão da embaixada. Três trabalhadores foram feridos no ataque, disse o ministério, ressaltando que nenhum dos atacados sofre risco de vida. Ele não deram mais detalhes do assunto. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
RÚSSIAMORTEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.