AFP
AFP

Morteiros caem perto de escola em cidade turca e deixam ao menos um morto

Ataque ocorreu perto da fronteira com a Síria e deixou crianças feridas; a origem dos disparos é desconhecida

O Estado de S. Paulo

18 Janeiro 2016 | 10h28

ANCARA - Ao menos uma pessoa morreu nesta segunda-feira, 18, quando dois morteiros disparados por obuses de origem ainda indeterminada caíram perto de uma escola na localidade de Kilis, sul da Turquia, perto da fronteira com a Síria, informou a imprensa turca. Três pessoas, todas estudantes da escola, ficaram feridas, segundo o canal NTV.

O prefeito de Kilis, Hasan Kara, afirmou que os disparos "provavelmente" são procedentes da vizinha Síria. As informações, no entanto, não foram confirmadas por uma fonte oficial.

Desde o início do conflito na Síria, em abril de 2011, tiros de obuses foram disparados em várias ocasiões do território sírio contra localidades fronteiriças turcas. O exército turco responde sistematicamente aos disparos, com tiros de artilharia contra as posições a partir das quais são lançados os projéteis. /AFP

Mais conteúdo sobre:
Turquia Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.