Mortes diminuem no Iraque em 2011

Bagdá, 1 - O número de mortos por episódios de violência no Iraque teve queda expressiva em 2011. Dados compilados pela Agência France Presse a partir de números divulgados mensalmente pelos ministérios de Saúde, Interior e Defesa mostraram que 2.645 pessoas foram mortas no ano passado no país, das quais 1.578 civis, 609 policiais e 458 soldados. Outras 4.413 pessoas ficaram feridas.

Agência Estado

01 de janeiro de 2012 | 10h42

Em 2010, houve 3.605 mortos em episódios de violência no Iraque, número próximo ao de 2009, de 3.481. Em 2007, no auge da violência em território iraquiano, 17.956 pessoas foram mortas.

O mês de dezembro teve o menor número de mortos desde 2003: 155, dos quais 90 civis, 36 policiais e 29 soldados. 2011 ficará marcado como o ano em que os Estados Unidos retiraram suas tropas do Iraque. Desde a invasão, 4.474 soldados norte-americanos morreram no país, de acordo com o Departamento de Estado dos EUA.

De um total de 170 mil soldados distribuídos em 505 bases, apenas 157 permanecem no Iraque sob o comando da Embaixada dos EUA. As informações são da Associated Press. (Equipe AE)

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.