Mortes em conflito no leste chegam a 11

Um soldado da Arábia Saudita foi morto na noite da sexta-feira enquanto patrulhava a região de Qatif, que concentra a minoria xiita no leste do país, e um dos atiradores que o atacaram morreu no combate que se seguiu. O confronto elevou a 11 o número de mortos no local desde novembro, quando xiitas começaram a protestar contra a discriminação que, segundo eles, o governo sunita lhes impõe. "Uma patrulha enfrentou fogo pesado de quatro agitadores em motos", afirmou ontem a agência de notícia oficial SPA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.