Mortes no Iraque em janeiro passam de 700, diz ONU

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou neste sábado que 733 pessoas morreram em janeiro no Iraque vítimas da violência. Dados da ONU mostraram que 618 civis e 115 membros das forças de segurança foram mortos no mês passado.

AE, Agência Estado

01 de fevereiro de 2014 | 20h30

Os números não incluem as mortes na província de Anbar, devido à problemas de verificação do "status dos que morreram". Também ficaram de fora os dados dos insurgentes.

A ONU também informou que ao menos 1.230 iraquianos ficaram feridos em ataques em todo o país no mês passado. Bagdá foi a cidade mais afetada, com 297 mortos e 585 feridos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.