Mortes por cólera no Haiti passam de 2.500

O número de mortes por cólera no Haiti passou de 2.500, segundo números divulgados pelo governo neste domingo, diminuindo a esperança de que a taxa de mortalidade esteja diminuindo.

Agência Estado

19 de dezembro de 2010 | 18h04

Desde meados de outubro, quando eclodiu um surto de cólera, 2.535 pessoas morreram por conta da doença, informou o Ministério da Saúde do país. Das 114.497 pessoas infectadas, quase 57.000 foram tratadas em hospitais haitianos.

A esperança de que a taxa de mortalidade estaria diminuindo aumentou na semana passada, quando foram registrados menos de 30 óbitos durante dois dias consecutivos. Tais esperanças esvaíram-se hoje, quando o governo divulgou que houve 54 mortes em 14 de dezembro, último dia com registros finalizados. No pico do surto, em novembro, o número diário de óbitos girava nas casas de 60, 70 e 80, quando não acima disso. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Haiticólera

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.